Como Fazer a Gestão do Fluxo de Caixa para Autônomos e MEIs

Tempo de leitura: 2 minutos

A gestão do fluxo de caixa é fundamental para qualquer tamanho de um negócio.

Partimos este post com a definição que sua receita é igual ou maior que suas despesas. (caso não seja, pode haver um problema na precificação).

Baixe gratuitamente nossa Planilha para Fluxo de Caixa, ela pode te ajudar no assunto tratado nesse post.

Os autônomos por terem um volume pequeno acabam negligenciando essa gestão e quando se dão conta, estão sem capital de giro para tocar o seu negócio.

O ideal é que as entradas (receitas) cubram as datas das saídas (despesas).

Saber organizar as entradas e saídas de dinheiro, podem fazer você nem precisar de estoque de capital para girar o mês.

Todos sabemos que estoque de capital próprio ou usar um limite bancário para movimentar o seu fluxo de caixa é um custo alto, correto?

Em se falando dos bancos atuais, amortizar o seu fluxo de caixa pode te custar muito caro, e recomendo o mínimo de capital necessário.

Veja essa imagem abaixo:

gestão de fluxo de caixa em gráfico
Fluxo de caixa em gráfico

Observe que dia 05 é uma tormenta para essa empresa girar suas contas.

Todo dia 05 ela é obrigada a usar o cheque especial e o custo disso é altíssimo.

Qual a solução para este caso?

Existem duas opções:

Opção 1-) Transferir uma parte das despesas do dia 05 para o dia 10, desta maneira suaviza a necessidade de capital no dia 05.

Desta forma a receita fica mais compatível com a despesa.

Veja na imagem como ficaria transferindo algumas despesas para o dia 10:

gestão de fluxo de caixa em gráfico

Opção 2-) Direcionar as novas vendas entre o dia 30 e dia 05

Desta forma as NOVAS receitas ajudariam a compor o fluxo de caixa e evitaria a necessidade de usar o cheque especial.

Veja na imagem como ficaria gerando novas receitas entre 30 e 05:

O ideal é ter uma visão gráfica do seu fluxo de caixa e o comportamento por mês, dia a dia para que você possa direcionar as receitas e despesas , sem que precise usar capital de giro próprio ou de bancos.

Desta forma você estará fazendo uma ótima gestão do seu fluxo de caixa.

Faça o download gratuito da nossa Planilha para Fluxo de Caixa.

Como Fazer a Gestão do Fluxo de Caixa para Autônomos e MEIs
5 (100%) 3 voto[s]

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *